sábado, 7 de novembro de 2009

tô sentindo aquilo que senti naquele dia em que nós dois sentimos a vontade sincrônica de distribuir boa tarde a estranhos e esquisitos gratuitamente.

a bobagem assola, a duna inunda, e a palavra mais bonita desses dias ser alumbramento.

3 comentários:

André disse...

coisa linda não esperar o telegrama pra mandar flores ao delegado, e boas tardes alumbradas a estranhos e esquisitos.

Camila disse...

own. own.
quero um pouco desse alumbramento.

Volúpias Celestiais disse...

diz oi pra conhecido tb.
Liv.